Os Três Adversários Internos de Bolsonaro na Eleição!

Em diálogo com um amigo com quem interajo sobre questões políticas há um bom tempo e que não vou relatar o nome porque não convém, uma ideia surgiu da parte dele, diante de minhas considerações sobre o fato de que há quatro adversários dentro do Brasil que atrapalham a sua campanha e mesmo assim, ele venceu a todos eles e se sagrará no próximo dia 28 de Outubro de 2018 vencedor das eleições para a Presidência da República, inaugurando uma nova era do fim da dominação esquerdista terrível que solapou a Nação!

Disse meu amigo:

“Recentemente conversarmos Sob as questões envolvendo o cenário político brasileiro e o senhor falava que era minha forma de ver.”

Respondi: é fato!

Disse meu amigo:

“Ora a lei da física “DEPENDE DO REFERENCIAL ADOTADO”  de Isaac Newton e Renê Descartes, não invalida a veracidade de atos e fatos.”

Respondi:

As leis da física não se aplicam a cenários políticos e sim as leis do “jogo político”. No caso da física, a noção de movimento e de repouso de um móvel é sempre relativa a outro móvel. Sendo assim, podemos dizer que a noção de movimento deve sempre vir acompanhada de um referencial.

Avanço e repito que a pauta indicada foi “cenário político brasileiro” e não duas posições estáticas que por hipótese observam um objeto em movimento. A política demanda (a) espírito, (b) moralidade, (c) cultura, (d) militância real em torno de propostas que não são estáticas. Os seres humanos vão além da física, há fatores metafísicos e metapsíquicos.

Este cenário, digo, político, é exatamente o seguinte, em 4 pontos:

(1) Há cerca de 1 ano a ideia de Jair Bolsonaro-Presidente era motivo de mofa e galhofa por parte de quatro partes dos opinantes sobre cenário político. (1.1.) Os que são da esquerda diziam que ele era um lixo pro-ditadura que não seria levado à sério; (1.2.) Os intervencionistas diziam que o sistema tinha que ser resolvido na porrada dos tanques de guerra nas ruas; (1.3.) a mídia dizia que ele era um palhaço e sujeito sem preparo; (1.4.) um grupo crescente e forte se iniciava dizendo “o mito chegou” e saudava ele nos aeroportos de tal modo que acabamos por ter hoje mais de 60 milhões de interessados na liderança dele e não querem saber de esquerdistas, intervencionistas e nem dos palhaços da mídia.

(2) Naquela ocasião (digo, há 1 ano) eu estava no grupo dos intervencionistas e fui (a) a passeatas duas vezes, (b) postei mensagens de apoio, (c) escrevi artigo, (d) manifestei-me no whatsapp para mais de 100 pessoas – fiz minha parte. Então veio a “maior greve de caminhoneiros da história do Brasil” e o que foi que aconteceu? Os intervencionistas diziam que era chegada a hora de acabar com a esculhambação pública, depor Michel Temer, destituir o STF e cassar os mandatos dos Parlamentares usando um certo Artigo da Constituição Federal – e havia (e ainda há muitas explicações para isto). Eu me posicionei cuidadosamente da seguinte forma: “os militares decidem e eu sigo a linha que eles tomarem de FATO E DE VERDADE, por ATOS CONCRETOS” —– meu nobre: os militares fizeram o quê?

(3) Diante do TOTAL FRACASSO DOS INTERVENCIONISTAS – aguardei Bolsonaro se filiar em algum Partido. Lembra? Ele ia para o Patriota, chegou a se reunir, fizeram reunião nacional e, tinha um advogado do José Dirceu no meu, enfim. Deu errado. Daí ele foi dialogar com Luciano Bivar, daqui de Pernambuco, único Deputado Federal à época pelo PSL – Partido Social Liberal – e as condições foram bem claras, “Bolsonaro governaria a linha diretiva do Partido com sua equipe!” – o Bivar aceitou, foi reeleito, eu votei nele aqui e estou indo ao Gabinete para levar 3 propostas, incluindo A DE FAZER AS TERAPIAS NATURAIS VALEREM EM TODO O BRASIL. Mas, que os Intervencionistas foram lançados em descrédito, isto foram. É uma teoria que NÃO VAI ACONTECER. Ponto final. Apoiar os intervencionistas seria dar oportunidade para uma Guerra Civil, derramamento de sangue, perda do resto da pouca credibilidade que nossa Pátria possui e os militares – POR FATOS E ATOS já deixaram claro o seguinte: DANEM-SE OS ARGUMENTOS NESTA DIREÇÃO. Não vai acontecer. Questão encerrada e não vou ficar pendurado numa coisa que já morreu antes mesmo de nascer.

(4) Faltam outros 2 adversários políticos que querem meter o Brasil num caos social total e o POVO está dizendo: Não queremos esta bagunça aqui. Quem são estes outros dois? Primeiro, os esquerdistas ligados ao Foro de São Paulo, esquema corrupto e corruptor liderado pelo PT, PDT, PSB e outros – mas que a maioria das pessoas não sabe porque não tem a dignidade de pesquisar no próprio Site público do Foro de São Paulo quais são os Partidos filiados a este lixo ideológico e psicopático. Segundo, a mídia patética que em sua esmagadora maioria perseguiu e continuará perseguindo Bolsonaro porque ele não vai fazer esquemas de conluio com tais pilantrocratas em termos de repasse indevido de dinheiro. Esta mídia com seus institutos fajutos de pesquisa se ferraram, ele esmagou no primeiro turno das eleições a reunião dos candidatos oponentes todos juntos. Xeque-mate. Mas, reconheço que ainda há um último inimigo a ser derrotado: o esquerdismo ainda não desistiu. Será enterrado no leito do segundo turno. Isto vai acontecer mesmo que eles queiram impugnar a candidatura Bolsonaro, mesmo que eles procurem fraldar urnas eletrônicas, mesmo que eles chorem. Como disse CID Gomes: “Lula está preso babaca e vocês vão perder e perder feio!”

Disse meu amigo:

“Se pensarmos que assuntos apresentados por uma determinada pessoa, vai sempre está ligado diretamente à forma como essa pessoa vê e pensa, então onde está a verdade e a mentira porque tanto uma como a outra está diretamente ligada a forma como a pessoa vê e pensa?”

Respondi:

Na vida as coisas não podem ser feitas pelo viés do relativismo!

As coisas devem ser feitas com base em critérios do “pensar correto”.

Nisto cada pessoa deve exercer um pouco de critério para conhecer e entender a realidade.

A realidade não é estática como se fosse um fenômeno físico, porque ela domina até mesmo os fenômenos físicos.

Um exemplo? Bolsonaro quase foi extinto deste Mundo fisicamente com uma facada no bucho e isto encerraria as eleições da forma como estão, porque o General Mourão, inclusive por certas falas que fez durante a Campanha, não tem o preparo para a política que é um cenário muito volátil em relação à rigidez das Forças Armadas – e, isto provou para mim que, uma intervenção militar no brasil de hoje e teríamos uma baita bagunça social e violência sem precedentes e desnecessária.

Por que penso assim?

Ora, tenho que apelar para o único ponto que me permite “pensar correto”. E este ponto se chama DEUS.

Sim, Deus!

O volume de orações pela vida de Bolsonaro, as manifestações e clamor diante de Deus para que ele vivesse depois da facada já deveria abrandar o coração de todos os que se dizem cristãos, tementes a Deus.

Para mim, nosso bondoso Criador está enviando este servo que foi forjado por Ele mesmo nos últimos quatro anos para esta missão imensamente pesada e difícil – porque é desta forma que Ele, o Todo-Poderoso vê a realidade que nos cerca e quer governar através de Bolsonaro que, antes de se meter em esquemas de corrupção, escolheu a Palavra de Deus como lema de campanha e saiu pelo Brasil afora dizendo “e conhecereis a verdade e a verdade vos libertará” (João 8:32).

Ora, nunca houve político com um lema igual a este – sempre foi uma coisa de capitalistas e comunistas, sempre foi uma coisa de liberais e socialistas.

Mas, a Nação entendeu a mensagem diferente e estamos fazendo um PACTO COM DEUS!

Em breve, vagabundos e ladrões dos cofres públicos serão investigados e punidos de modo exemplar; em breve os que estão praticando crimes dentro da Justiça e usando a Toga para se locupletarem serão expostos pelas investigações que revelarão quem recebeu propina para a Dilma não ser impugnada por 8 anos como manda a Lei do Impedimento; quem está envolvido com toda sorte de esquema fraudulento para surrupiar dinheiro dos brasileiros. Em breve os bilhões que dizem que o PT possui nos exterior para fazer o inferno contra nós será rastreado e devido ao pacto das Nações – estes bandidos serão expostos para todo nosso povo e o fim deles não tarda.

Concluindo Este Artigo:

Antes da segunda vinda de Jesus Cristo a este Mundo, terei a satisfação de poder ter vivido poucos dias que sejam de um ideal que está estampado na bandeira que Deus colocou diante de minha vida pelo nascimento de sangue e que quando é erguida com o cantar do Hino Nacional me faz chorar de respeito e emoção, e nela está escrito o seguinte: ORDEM E PROGRESSO – no cenário político brasileiro não há que se confundir absolutamente nada meus caros patrícios. O princípio inegociável é exatamente este mesmo: ORDEM E PROGRESSO.

Bolsonaro e a base militar de onde ele vem representam: ORDEM; já o PROGRESSO virá da aplicação das regras LIBERAIS, CONSERVADORAS e da nossa BRASILIDADE que estas eleições estão deixando bem claro: é o que a maioria quer, portanto, DECISÃO DEMOCRÁTICA que quem não gosta vai ter que engolir da mesma forma que tivemos que engolir o Lula-Petismo por 4 mandatos desastrosos.

Louvado seja Deus que ouviu nossas preces!

www.politica.professojean.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *